Papel Cult

Melhor Faixa: M.I.A. – Bring the Noize

MIA

M.I.A. continua na esquizofrenia acessível de Maya, permanece com a sua bagunça noise-pop-musique-concrete-afro-eletro-whatever; no entanto, aqui ela a insere sabiamente em um contexto vulgar e mundano, sem presunção, sem hierarquia e distinção do que é comercial e experimental. Há um meio termo, um ponto de encontro, prevalece a inteligente simbiose dos mundos distintos que M.I.A. tanto gosta de explorar, um espaço de contrastes, dos polos e extremos tratados com paridade e harmonia. Misteriosamente contagiante, “Bring the Noize” surge como um lampejo de atrevimento no comodismo do pop habitual, é impossível não ficar imerso no caos estabelecido depois de 2 minutos de audição, ficar obcecado pela discórdia dos beats incessantes, da base perfurante e destruidora regida por um minimalismo mergulhado em êxtase. Barulho, bagunça é o que queremos! M.I.A. entende isso, sem rodeios, direta e visceral como sempre foi em seu posicionamento engajado. Ressonante, ensurdecedora, no limite entre a simetria e a desordem. Aqui eu vejo uma garota má de verdade.

Ficha

Artista: M.I.A.

Ano: 2013

Álbum: Matangi

Origem: Reino Unido

Gênero: Pop

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 04/11/2013 por em Faixas, Música, Melhores Faixas e marcado , , , , .
%d blogueiros gostam disto: