Papel Cult

Torres – Torres (2013)

torresimg

Torres é mais uma ótima cria do Bandcamp, com produções caseiras e apoiadas em uma estética lo-fi que só ajuda a legitimar o ambiente simples e intimista que a jovem cantora instaura nesse seu disco homônimo, Torres fez de seu lançamento um belíssimo primeiro registro com canções melancólicas e sinceras sobre relacionamentos amorosos e fraternais. Sua voz, crua e direta, reproduz o âmago do sentimentalismo que sustenta em suas músicas, por vezes Torres lembra uma espécie de Cat Power mais primitiva, tanto instrumentalmente – pois os recursos aqui são mínimos – quanto em seu lirismo que se assemelha a breves poemas musicados e que parecem minuciosamente escritos à mão pela cantora.

A obra, como um todo, evoca quase que um trabalho artesanal diante de suas limitações técnicas, mas nada que comprometa o resultado final de um trabalho homogêneo em sua estética, mas incrivelmente autêntico em sua veracidade comovente e sensorial. O corpo esquelético que a maioria das faixas do álbum possui é estilhaçado pelo canto destrutivo e cheio de raiva contida que Torres vai construindo, aos poucos, em um concerto dramático e emocional estruturado no seu desalento solitário e distante sobre questões existenciais típicas de qualquer ser humano, de qualquer homem e mulher passíveis de compaixão e empatia, pois Torres consegue a nossa compreensão emocional sem apelar em momento algum para o melodrama, tudo com o seu discurso é puro e dolorido sobre os mais diversos questionamentos mundanos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 24/12/2013 por em Música, Resenhas e marcado , .
%d blogueiros gostam disto: