Papel Cult

Melhor Faixa: Julian Casablancas + The Voidz – Human Sadness

julian-casablancas-human-sadness

Uma enorme, estranha, porém grata surpresa essa nova empreitada do Julian Casablancas. Eu de verdade não esperava uma canção tão impactante como essa vinda de um músico que, basicamente, todo mundo conhece por conta do seu trabalho como frontman dos Strokes. Incrivelmente distinto de toda a sonoridade que criou ao longo dos anos com a sua banda principal, e imensamente diferente de sua primeira guinada solo e dançante, no correto Phrazes for the Young de 2009, Casablancas nos mostra aqui uma faceta que, até então, era desconhecida de seu público alvo. Human Sadness faz jus ao seu título sugestivo, trata-se de uma canção triste, pesada, expondo uma violência que Casablancas parecia acumular já há algum tempo. O garage revival, a bateria seca e guitarras ritmadas de outrora não existem mais aqui, muito menos o ar festivo e new wave que sua banda adquiriu nos últimos anos, o que prevalece em Human Sadness me parece o que Julian possui de mais misterioso e fascinante, o choque com uma realidade da qual ele nitidamente não compartilhava, um encontro raro, algo que o músico não assemelhava intimidade e que repentinamente surtou em seu corpo artístico, em revolta da sua então nova concepção de mundo e realidade.

No ano passado Julian perdeu o seu pai, o empresário John Casablancas, vítima de câncer aos 70 anos de idade. Human Sadness me parece carregar resquícios da angústia e sofrimento que foi esse momento na vida do cantor, a canção é um reflexo nitidamente confessional de Julian, o músico a todo instante se culpa e lamenta por algo muito vago ao ouvinte, e muito próximo do seu regente, sem jamais dizer o que é, apesar de tudo estar muito manifesto. Julian expõe a ausência do agora, a incerteza que teve que lidar, a sobrevivência de um trabalho que é contínuo: o seu vazio insubstituível. Em certos momentos Casablancas questiona o retorno de uma persona que já lhe era comum em sua gênese, mas que aparentemente nunca havia se revelado com tamanha força e veracidade como agora.

E é isso mesmo que ocorre  em Human Sadness, a canção surge com uma resposta agressiva de Julian, ganhando corpo e expondo sua fúria como nunca antes fora exposta. Em 11 minutos que mostram um Julian Casablancas completamente ilógico, tomado por comportamento e mundo insólitos, falsetes em campos de destruição, o sofrimento da raça humana em uma pessoa. Human Sadness eleva-se em um momento de desafogo, um fragmento de libertação onde Julian encontrou para desengatilhar um incômodo que lhe era latente, quase impraticável, que não dava mais para suportar, mesmo que ao término fique a impressão de que ele finalmente conseguiu se desvencilhar de tudo, ou que ao menos continua tentando.

Ficha

Artista: Julian Casablancas + The Voidz – Human Sadness

Ano: 2014

Álbum: Tyranny

Origem: EUA

Gênero: Noise Pop

Um comentário em “Melhor Faixa: Julian Casablancas + The Voidz – Human Sadness

  1. neobat29
    09/09/2014

    Melhor review em português que eu li. Concordo plenamente. Cada vez que ouço essa música percebo novas coisas. Deliciosamente maluca. E que solo magnífico.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 03/09/2014 por em Faixas, Música, Melhores Faixas e marcado , .
%d blogueiros gostam disto: